28 faces da Lua

A Lua é plena de simbologia: feminilidade, fertilidade, ciclicidade, sensibilidade, mutabilidade, renovação, transformação, beleza, mistério, inconsciente, desejo, sonho, devaneio, a lista segue sem fim... Esse conjunto de símbolos, herança longínqua e híbrida de povos que viveram em íntima correlação com a natureza, criou raízes que se estenderam no tempo e no espaço, resistindo, em certa medida, ao progresso científico-racionalista das sociedades ocidentais. Ainda reconhecemos alguns esses símbolos. É certo que não são, como antes foram, parte dos saberes organizadores da vida cotidiana; mas ainda ressoam num discurso ou outro, ainda suscitam curiosidades  e interesses de fundo historiográfico, místico ou imaginativo.

Este livro reúne os trabalhos de 28 artistas visuais brasileiras que criaram obras únicas a partir de seus olhares e repertórios particulares sobre o tema. Apesar da subjetividade e individualidade do processo criativo, juntas, as imagens compõem um só movimento - o folhear que desvela, uma a uma, as diferentes faces da Lua.

 

A seleção das participantes foi feita por indicação entre os pares, a fim de tornar o processo mais horizontal. A partir de alguns nomes iniciais foi constituindo-se uma rede de mulheres, distantes no espaço, mas conectadas pelos convites lançados umas às outras numa manifestação da empatia, da união e do reconhecimento existentes entre artistas que, acima de tudo, compartilham da experiência de ser mulher, tornar-se mulher, descobrir-se mulher.

  • Facebook - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle

© 2019 comma todos os direitos reservados.